Um verdadeiro clássico, que nunca sai de moda quando falamos de tratamentos estéticos. A toxina botulínica é utilizada para atenuar rugas “do movimento” (rugas dinâmicas).

Tem como objetivo tratar áreas do rosto com linhas de expressão entre as sobrancelhas, “pés de galinha”, vincos na testa e arqueamento das sobrancelhas. Mas também podemos utilizar para corrigir assimetrias da face, hiper-hidrose (suor excessivo do corpo, axilas, couro cabeludo ou face), e até alguns tipos de rosácea.

Normalmente, o tratamento é indicado em rugas finas que surgem com a movimentação dos músculos faciais. Seu efeito é temporário e dura, aproximadamente, entre quatro a seis meses dependendo de cada organismo.

COMO FUNCIONA

O número de pontos em que serão aplicados são definidos de acordo com os objetivos do paciente e sob as recomendações médicas. A intenção é que os resultados do tratamento sejam sempre os mais naturais possíveis.

A aplicação de toxina botulínica pode ser combinada também com outros tratamentos.

Veja abaixo as principais dúvidas de nossos pacientes e as respostas do nosso time estético:

Qual o efeito da toxina botulínica no rosto?

Bloqueia, a nível neuromuscular, as transmissões de estímulos dos neurônios para os músculos, inibindo a contração muscular de forma parcial ou completamente.

Quando se deve usar a Toxina Botulínica?

Normalmente, é aconselhável iniciar as aplicações após os 25 anos ou quando o paciente sentir incômodo com as linhas de expressão. Além do uso estético, a toxina botulínica também pode ser usada como tratamento de suor excessivo, espasmo hemifacial (quando metade do rosto sofre com repuxos), enxaqueca, estrabismo, espasticidade disfuncional (rigidez muscular excessiva), dentre outros.

Uso estético:

  • Amenizar linhas de expressão e rugas profundas
  • Usado para o reposicionamento das sobrancelhas

Quanto tempo dura o efeito?

Começa a fazer efeito 7 a 14 dias depois e esse efeito perdura por cerca de três a seis meses até que desaparece gradativamente, enquanto a ação muscular retorna.

Existem riscos?

Efeitos colaterais são mínimos e relacionam-se com a injeção local. Dor ou edema podem surgir em torno do local da injeção. Deve-se ter cuidado para não pressionar, massagear a área, abaixar a cabeça (quando o procedimento é feito na face) e praticar atividade física após algumas horas do procedimento.

Em casos raros, os pacientes podem desenvolver fraqueza temporária dos músculos vizinhos, ou dor de cabeça, ou sobrancelha e/ou pálpebra caída, também temporariamente.

A aplicação pode ser considerada um tratamento seguro, se feita por um médico habilitado.

Tratamentos Corporais e Faciais

Recupere sua autoestima e beleza completa